BRASIL BIOMASSA

MERCADO PRODUTOR E CONSUMIDOR DE PELLETS NO BRASIL  PODEM GERAR MAIS DE 3,5 BILHÕES DE INVESTIMENTOS E MAIS DE 10.000 EMPREGOS SUSTENTÁVEIS


A perspectiva é que nos próximos cinco anos a demanda mundial por pellets de biomassa salte das 25 milhões de toneladas comercializadas hoje para aproximadamente 80 milhões.   A AEBIOM tem uma avaliação geométrica de uso de pellets entre 50 e 80 milhões de toneladas em 2020.

 

O Brasil guarda importantes vantagens comparativas para a produção em grande escala dessa nova commodity, por contar com considerável excedente de florestas plantadas em condições de corte nos Estados de Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, por obter elevados níveis de produtividade no cultivo florestal.

 

SE TODA A BIOMASSA DISPONÍVEL O EXTRATIVISMO FOSSE CONVERTIDA NA PRODUÇÃO DE PELLETS TERÍAMOS UMA PRODUÇÃO ANUAL DE  SETE MILHÕES DE TONELADAS DE PELLETS GERANDO UMA RECEITA ANUAL DE 1,47  BILHÕES DE EUROS AO BRASIL E OS PRODUTORES INDUSTRIAIS.

 

SE TODA A BIOMASSA DISPONÍVEL  DA SILVICULTURA FOSSE CONVERTIDA NA PRODUÇÃO DE PELLETS TERÍAMOS UMA PRODUÇÃO ANUAL DE  DEZESETE MILHÕES DE TONELADAS DE PELLETS GERANDO UMA RECEITA ANUAL DE 3,57  BILHÕES DE EUROS AO BRASIL E OS PRODUTORES INDUSTRIAIS.

 

Um dos maiores projetos em desenvolvimento encontra-se no município de Pinheiro Machado, com grande disponibilidade de áreas florestais. Com investimento inicial de US$ 350 milhões, a capacidade máxima de produção deve ser atingida apenas em 2022, mas já em 2019 espera-se que a produção seja de 900 mil toneladas ao ano.  

 

A empresa Energy America Brazil Wood Resources Ltda confirmou o investimento de R$ 159 milhões para instalação de uma fábrica de pellets (combustível de biomassa renovável) no Distrito Industrial de Rio Grande. 

 

Na Bahia a primeira fábrica de pellets de madeira será inaugurada até junho. O empreendimento, do grupo baiano Solid Energia Renovável, está sendo construído em São Sebastião do Passé e vai produzir inicialmente 24 mil toneladas por ano. A capacidade total, no entanto, é de 48 mil toneladas.

 

A maior empresa do setor de avicultura no Brasil está mudando a matriz energética de consumo de lenha (altamente emissora GEE e com teor de umidade e baixo poder calorífico) e o gás natural (aumento constante de preços e combustível não renovável) por pellets. 

 

Para que possam avaliar do potencial do mercado de consumo de pellets para aquecimento de aviários, segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) existem mais de 130 mil pequenos aviários no Brasil e quase 70 mil de médios aviários. Estamos falando de mais de 3.000.000 ton./ano de pellets movimentando mais de 1,5 bilhões de reais para as empresas produtoras de pellets. No Brasil, hoje um produto de qualidade está sendo comercializado entre R$ 550,00 á R$ 750,00 a tonelada.
 

Av. Cândido Hartmann 570 24-243| Curitiba  PR| diretoria@brasilbiomassa.com.br | Tel:41-33352284 | Cel:41 9 96473481

© 2023 by BRASIL BIOMASSA E ENERGIA RENOVÁVEL

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Twitter Icon
  • White Vimeo Icon